15 de out de 2018

Vem de Cuba

Por Oldemburgo Neto

Alvos de preconceito e críticas por setores da classe médica brasileira desde a implantação do programa no Brasil, há cinco anos, cubanos do Mais Médicos vêm conseguindo, por meio do trabalho e dos laços afetivos com profissionais e pacientes, sustentar o sucesso do projeto que é reconhecido dentro e fora do país. Nesta reportagem especial, especialistas analisam os impactos do socialismo cubano no modo de se fazer medicina em Alagoas e no Brasil. Em entrevista exclusiva, a cientista política da Universidade Federal de Alagoas (Ufal), Evelina Antunes, afirma que o monopólio dos meios de informação é um importante aliado dos interesses conservadores no Brasil, e que apenas recentemente a formação de médicos deixou de ser exclusividade das elites.

Vem de Cuba by on Scribd

Link direto para a reportagem: https://www.scribd.com/document/390918198/Vem-de-Cuba