22 de nov de 2017

Professora Magnólia Rejane é homenageada no Prêmio Braskem de Jornalismo 2017

Idealizadora da Agência de Noticias Ciência Alagoas recebeu a medalha Dênis Agra

O prêmio braskem de jornalismo aconteceu no último sábado (18) no Armazém Uzina, no bairro de Jaraguá. Esta foi a 28ª edição do evento que premiou os melhores trabalhos do ano de 2017 em alagoas. Este ano a premiação fez uma homenagem à mulher jornalista, que no estado corresponde a 64% da categoria.

A homenageada deste ano foi a professora de Comunicação Social da Universidade Federal de Alagoas (UFAL), Magnólia Rejane, pela contribuição com a produção científica na área de jornalismo. Ela recebeu a medalha Denis Agra, a maior honraria destinada aos profissionais de imprensa do estado. 

Pernambucana, Magnólia Rejane Andrade tem formação e atuação em Letras e Jornalismo e começou profissionalmente em 1984, na Universidade Católica de Pernambuco. Veio para Alagoas em 1989. No inicio da vida profissional teve que optar entre o jornalismo de batente da imprensa diária ou pelo ensino do jornalismo. Acabou escolhendo a academia e não se arrepende. "Ser educador é um investimento com retorno a longo prazo. Hoje vocês reconhecem que minha ação educativa tem contribuído para a formação profissional da nossa categoria. Esse é o maior prêmio que um professor pode desejar." Afirma Magnólia. 

Professora Magnólia Rejane recebendo a Medalha Denis Agra. Foto: Agência de Noticia Ciência Alagoas.

Além da medalha Denis Agra, O Prêmio Braskem de Jornalismo distribuiu prêmios nas categorias reportagem especial, fotojornalismo, jornal impresso/texto, design gráfico/diagramação, informação econômica/política, informação cultural/turística/, informação esportiva, reportagem de TV, reportagem cinematográfica, webjornalismo, radiojornalismo, assessoria de imprensa e Prêmio Jornalista Freitas Neto, esta última direcionada a estudantes.