1 de fev de 2014

Programa de Iniciação à Docência oferta 701 vagas para alunos da Ufal

Por Agência Ciência Alagoas, com Assessoria





As inscrições para o processo seletivo de novos bolsistas do Programa Institucional de Bolsas de Iniciação à Docência (Pibid)  estão abertas e podem ser feitas até o dia 15 de fevereiro. São 701 vagas ofertadas pelo programa.



Graduandos dos cursos de licenciatura dos campi A.C. Simões, em Maceió, Arapiraca e do Sertão e dos polos da Universidade Aberta do Brasil (UAB) podem concorrer às vagas distribuídas da seguinte forma: em Arapiraca, são 22 para Biologia, Letras (Português), Química e Pedagogia; 12 para Educação Física; 24 para Física; 45 para Matemática e 8 para Ensino de Ciências na Educação Infantil (Biologia, Física, Pedagogia, Química).

O Campus A.C. Simões, em Maceió, oferta 42 vagas para alunos de Biologia; 10 para Ciências Sociais e História; 12 para Dança, Música e Física; 15 para Teatro; 22 para Educação Física, Filosofia, Geografia; 42 para Química; 38 para Letras (Inglês); 16 para Letras (Português); 24 para Matemática (e mais 12 na modalidade a distância); 42 para o curso de Pedagogia (e outras 24 na modalidade a distância) e 30 para Interdisciplinar Geociências – Geografia, Letras – Português.

No Campus do Sertão, em Delmiro Gouveia, são 22 vagas para os cursos de Pedagogia e Geografia; 10 para História; 12 para Letras (Português). Para os alunos da Universidade Aberta do Brasil (UAB), o curso de Pedagogia oferta 16 vagas para os polos de Maragogi, Olho D'Água das Flores e Santana do Ipanema. Para se candidatar, os estudantes devem estar devidamente matriculados entre o 2º e 7º período dos cursos acima, com previsão de permanência no projeto até o final de 2014.

INSCRIÇÕES

As inscrições dos candidatos serão recebidas via e-mail e direcionadas aos respectivos subprojetos dos cursos de licenciatura, responsáveis pela seleção. A lista completa pode ser vista nas páginas 4 e 5 do edital disponível em anexo no final da página. O processo seletivo será realizado de 17 a 21 de fevereiro, nas sedes Arapiraca e Delmiro Gouveia, de 24 a 28 de fevereiro, em Maceió, e para os cursos UAB, entre os dias 16 e 23 deste mês.

Os candidatos devem ficar atentos aos documentos exigidos para concorrer à bolsa: formulário de inscrição preenchido [pode ser visto no anexo 1 do edital], histórico escolar analítico, além de cópias do comprovante de matrícula, RG e CPF e uma carta de intenções redigida de próprio punho. Os estudantes contemplados irão passar a integrar o Pibid durante 12 meses podendo ser prorrogada sua duração por mais seis meses. Além disso, receberão bolsa no valor de R$ 400.

O resultado final será divulgado nas seguintes datas: em 24 de fevereiro (Arapiraca, Delmiro Gouveia e cursos a distância) e a partir do dia 28 (Maceió), por meio da página da Ufal e do mural de cada coordenação de curso correspondente à área do subprojeto. Vale reforçar que os candidatos terão até o dia 7 de março para entregarem ao coordenador da área de seleção os dados necessários para serem incluídos no sistema da Capes. Caso contrário, poderão ser substituídos pelo próximo da lista de aprovados.

DESEMPENHO DOS BOLSISTAS

O bolsista selecionado deverá ter disponibilidade para o desenvolvimento de 30 horas mensais de trabalho, no subprojeto de sua área de formação, com ao menos 16 horas de dedicação a uma das escolas conveniadas. Além disso, deverá desenvolver projetos de ensino, materiais e recursos na escola, com orientação do coordenador de área do subprojeto e do professor supervisor no colégio.

O acadêmico também terá que manter registro escrito sistemático das experiências no âmbito da escola, por meio de instrumento definido pela coordenação de cada subprojeto, e realizar relatórios semestrais, analíticos e reflexivos sobre a experiência no Programa. Além disso, conforme o edital, não serão aceitas, por exemplo, reprovações por falta sem justificativas comprovadas, fundamentadas e aceitas pela coordenação do Pibid e não poderá receber qualquer outro tipo de bolsa.

Outras informações podem ser vistas no edital em anexo.

SOBRE O PIBID

Apoiado pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes), o Programa Institucional de Bolsas de Iniciação à Docência (Pibid) concede aos alunos uma bolsa no valor de R$ 400 para atuar em ações integradas com as escolas de educação básica de Alagoas.

“Com o edital da Capes em 2013, o programa aprovou 33 subprojetos, abarcando todos os cursos de licenciatura presenciais da Ufal além de dois cursos na modalidade a distância, tornando-se o maior programa da universidade em número de pessoas envolvidas e com uma captação anual de recursos que supera 6 milhões de reais”, destacou Wilmo Francisco, coordenador institucional do Pibid na Ufal.

Para ele, o programa vem sendo marcante na formação de novos docentes, bem como fortalece a interação entre a Ufal e as escolas públicas. “Os resultados do programa já são muito concretos e tendem a impactar ainda mais o cenário educacional regional e brasileiro. Mais do que um programa que concede bolsas, o diferencial do Pibid é sua capacidade de formação de pessoas, pautada em ações coletivas”, concluiu.