Projeto segue modelo da wikipedia

        
          O projeto WikiAlagoas ( http://www.wikialgoas.al.org.br ), parceria da Secretaria de Planejamento e Desenvolvimento do Estado de Alagoas (Seplande), da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Alagoas (Fapeal), da Universidade Federal de Alagoas (Ufal) e do Instituto de Ciências Sociais (ICS), ganhou mais visibilidade durante o VIII Congresso Acadêmico, que aconteceu de 17 a 22 de outubro de 2011, na Ufal. A razão disso foi que, no dia 17, três alunos do projeto tiveram a oportunidade de apresentar a plataforma no Instituto de Geografia, Desenvolvimento e Meio Ambiente (IGDEMA); já no dia 19, foi à vez do coordenador do projeto pronunciar-se, Evaldo Mendes participou de uma mesa redonda no Instituto de Ciências Humanas, Comunicação e Artes (ICHCA), que tinha como temática “Informação, Tecnologia e Ambientes Colaborativos: Incursões de uma Cultura Digital”.
                A iniciativa para a criação e desenvolvimento do projeto aconteceu através da articulação desses órgãos, já citados anteriormente, que visavam inserir de maneira mais organizada e coesa o maior número de informações possíveis referentes ao estado de Alagoas no ciberespaço. A pesquisa é desenvolvida por nove alunos dos mais diferentes cursos de graduação da Ufal (ciências sociais, comunicação social, geografia e história), e conta também com a ajuda de uma aluna de análise do sistema, da Uncisal, responsável pela parte técnica da plataforma. O trabalho, dividido em várias etapas, teve início em novembro de 2010, e terá termino no próximo mês, quando completará um ano de pesquisa.
HISTÓRICO
               Em um primeiro momento, o foco dos bolsistas limitava-se a pesquisas feitas na internet. Após uma seleção, havia o momento de organizá-las em um único local: a plataformaWikiAlagoas. Posteriormente, as pesquisas foram realizadas em museus, centros históricos, bibliotecas, entre outros locais. Os alunos também realizaram algumas viagens, com o intuito de mapear fotograficamente alguns dos 102 municípios do estado, além de buscar relatos orais que pudessem contar um pouco mais da história de cada lugar visitado.
                O WikiAlagoas já encontra-se disponível na internet, em um modelo semelhante ao que o serviu como base, o Wikipédia. Lá, qualquer usuário, em qualquer lugar do planeta, pode inserir informação acerca de qualquer assunto. O intuito de alojar os conteúdos em um site como este é de que as pessoas possam colaborar com a inserção de informações, sem necessariamente fazer parte do projeto. O que se pretende é que exista um número cada vez maior de conteúdos referentes a Alagoas criados e divulgados por pessoas comuns que se sintam convidadas a produzir e inserir dados na plataforma.
                Atualmente, o número de verbetes (pequenos textos), na plataforma, é de, aproximadamente, 600 verbetes. Eles abordam as mais variadas temáticas: cultura, economia, demografia, religião, gastronomia, etimologia. Atualmente, às vésperas de conclusão do projeto, a equipe “wiki” concentra-se na revisão dos conteúdos, a fim de entregar uma plataforma à altura do nosso estado.
Texto:  Bárbara Barros e Madysson Weslley( estagiários do Projeto WikiAlagoas)