12 de ago de 2010

PROJETOS DA UFAL NA ÁREA DE SAÚDE SÃO PREMIADOS EM BRASÍLIA




     Trabalhos de estudantes e professores da Universidade Federal de Alagoas,  desenvolvidos através do Núcleo de Saúde Pública/Nusp, obtiveram os primeiros lugares em premiação realizada no Seminário Nacional de Avaliação do Projeto de Aperfeiçoamento de Gestão de Atenção Primária  /AGAP., que aconteceu em Brasília, nos dias 25 e 28 de Julho.


O primeiro lugar ficou com o projeto direcionado para crianças de 5 anos com cárie dentária em Porto Calvo, com o objetivo de mostrar a elevada prevalência da mesma e da importância da higiene bucal desde cedo. Além dos alunos, o trabalho foi desenvolvido pela professora Tereza Angélica, que faz  parte da equipe do Nusp; da coordenadora de Saúde Bucal de Porto Calvo, Leta Eulina Melo e da coordenadora de Saúde Bucal, Bernadete Pereira.

No segundo lugar foi premiado o projeto Elevada Prevalência de morbidade e elevado coeficiente de mortalidade por câncer de colo de útero”, que teve a participação de estudantes coordenados pelo professor José Roberto Belmiro Chaves, da Faculdade de Medicina/Famed. Esta ação foi desenvolvida em Marechal Deodoro.

O certame acadêmico contou com a participação de estudantes de Alagoas, Ceará, Paraíba e Piauí, que demonstraram para a comissão avaliadora as ações que foram feitas durante três anos como meio de intervenção dos problemas daqueles municípios estudados.

A diretora do projeto no Brasil, Maria José Evangelista, explicou quais foram os critérios de avaliação utilizados para escolher os três melhores trabalhos. “Nós consideramos 6 critérios para avaliá-los: a participação no curso; a avaliação do projeto escrito, incluindo o modelo lógico, cronograma e orçamento; o monitoramento da implantação e reuniões presenciais durante implantação; o grau de implantação até junho deste ano; a apresentação escrita e oral no seminário, e a criatividade usada pelos alunos. Desses, o que mais pesou foi o grau de implantação, pois o que vale mais é o que de fato, tem sido feito.”

Colaboração: Kleciana Vieira