14 de mar de 2010

JORNALISTA ALAGOANO RECEBE PRÊMIO INTERNACIONAL

Imagem

A Universidade de Oviedo (Astúrias, Espanha) anunciou, no dia 1 de março,  o vencedor do Prêmio Ibero-Americano de Teoria da Comunicação 2010. A distinção foi outorgada ao pesquisador alagoano José Marques de Melo,  professor emérito  da Escola de Comunicações e Artes da Universidade de São Paulo, atualmente dirigindo a Cátedra Unesco/Umesp de Comunicação. A solenidade de entrega do prêmio, simbolizado por uma escultura do jovem artista espanhol Hugo Fontela, vai se realizar no dia 7 de outubro deste ano, no salão nobre da Universidade de Oviedo.



Em seu comunicado, o professor Carlos Fernandez Collado, explica que o prêmio foi instituído por um consórcio internacional formado pela Universidade de Oviedo (Espanha), jornal El Universal (México) e Asociación Iberoamericana de Comunicación (ASICOM) para reconhecer o mérito de “profissionais e acadêmicos que se destacaram nesta disciplina, dentro do contexto ibero-americano, contribuindo para construir e reconstruir esta região histórica”.

A curadoria do prêmio vem sendo delegada à Cátedra de Teoria da Comunicação da espanhola Universidade de Oviedo, patrocinada pelo jornal mexicano “El Universal” e administrada por Carlos Fernandez Collado (ASICOM), sob a supervisão de um comitê acadêmico integrado pelos professores Robert M. Krauss (Universidade de Columbia, EUA), Antonio Pasquali (Universidade Central da Venezuela), Manuel Martin Serrano (Universidade Complutense de Madrid), Enrique Bustamante (FUNDESCO) e Miguel de Moragas (AE-IC).

O primeiro agraciado com essa distinção é fundador e presidente de honra da Sociedade Brasileira de Ciências da Comunicação – INTERCOM – e atual presidente das  Federação Brasileira e Confederação Ibero-Americma de Associações Científicas de Comunicação.

José Marques de Melo é autor do livro Pensamiento Comunicacional Latinoamericano, publicado em 2009 pela Editora Comunicación Social de Sevilha, com o apoio do Ministério da Cultura da Espanha. Publicou no Brasil a trilogia Teoria da Comunicação: paradigmas latino-americanos (Vozes, 1998), História do Pensamento Comunicacional (Paulus, 2003) e História Política das Ciências da Comunicação  (Mauad, 2008).

Autor de meia centena de livros e coletâneas, acaba de lançar o livro Os caminhos cruzados da Comunicação: Política, Economia e Cultura (Paulus, 2010) e a antologia Gêneros Jornalísticos no Brasil (Metodista, 2010).

Foi agraciado em 1997 com o Prêmio Wayne Danielson for Distinguished Contribution for Communication  Scholarship    (Univerdidade do Texas) e em 2009 com os prêmios Adelmo Genro de Pesquisador Senior em Jornalismo (SBPJOR, Brasil) e de Comunicador da Paz (Organizaciones Católicas Latinoamericanas de Comunicación, Equador).